• cribeiro915

Como a internet das coisas (IoT), pode ajudar sua empresa a crescer?



Se você já ouviu falar de Internet das Coisas, com certeza vai ouvir muito mais daqui para a frente. Hoje em dia, a conexão com a internet não é mais um privilégio das pessoas. Cada vez mais coisas estão se conectando entre si e isso já está mudando nossas vidas e o jeito que enxergamos a tecnologia.


Mas o que isso significa? Qual a importância disso para o seu dia a dia e o dia a dia das empresas? Essa conectividade toda é realmente necessária?


A resposta para essas e outras questões estão no artigo abaixo. Boa leitura!


O que é IoT?


Internet of Things (IOT), mais conhecido como internet das coisas (ou mesmo, Internet em Todas as Coisas), é uma tecnologia que permite conexão entre objetos com a finalidade de que, através dessa conexão, os objetos sejam capazes de realizar ações.


Mas não se engane, a internet das coisas se difere da internet. A IoT pode criar informações sobre os objetos que estão conectados, tomar decisões e fazer análises, ou seja, a internet das coisas é mais inteligente que a internet.


Alguns exemplos de coisas que podem trocar dados entre si: sensores, câmeras de segurança, softwares, smart TVs, veículos, entre outros. Agora, imagine um cenário em que os objetos da sua casa podem se conectar à internet, como lâmpadas, máquina de lavar, geladeira, alarme de incêndio.


A IoT não tem apenas relação com dispositivos conectados, mas sim, tem relação com as informações que esses dispositivos coletam e com os insights que podem ser adquiridos com essas informações.


Com esses insights, é possível usar as informações para melhorar ou transformar seu negócio, fazendo com que custos sejam reduzidos e aprimorados, como por exemplo, através da redução de materiais desperdiçados, expansão de novas linhas empresariais que se utilizam de dados em tempo real. Com isso, é criado uma vantagem competitiva transformando os dados em insights e esses insights em ações de melhoria.


Porque a internet das coisas (IoT) é tão importante?


A internet das coisas auxilia as pessoas a trabalhar e viver de forma mais inteligente, além de dispositivos inteligentes que podem automatizas as casas, ele também é essencial para os negócios, oferecendo insights e uma visão em tempo real do que funciona, não funciona e o que precisa e pode ser aprimorado, desde o desempenho das máquinas até operações logísticas e cadeia de suprimentos.

Alguns dos benefícios da IoT são:

  • Economia de tempo e dinheiro;

  • Melhores decisões de negócios;

  • Aumento de produtividade dos funcionários;

  • Melhoria na experiência do cliente;

  • Mais receita.

Quais são alguns exemplos de IoT?


Carros inteligentes: automóveis já funcionam com software integrado trazendo relatórios de saúde do veículo, GPS de alta precisão, etc. Com essa tecnologia, os carros podem se comunicar com seus dispositivos móveis e enviar dados.


Drones: os drones já não são novidade nos dias de hoje, ele permite voos de maneira completamente autônoma, apenas se baseando em programação e algoritmos.


Sensores industriais: por meio de sensores implantados em máquinas, a fábrica se torna mais inteligente e será capaz de gerenciar suas próprias atividades, desta forma, os dados coletados podem ser analisados e serem transformados em melhorias para a fábrica ou processos.


Smart-cities: são tecnologias digitais feitas para melhorar o bem-estar e a segurança da população.

Tel Aviv, em Israel, implantou um amplo sistema de segurança pública, então a IoT funciona através das câmeras inteligentes que melhoram o tempo de resposta de ocorrências e acidentes.


Vestíveis: pulseiras fitness com monitoramento de passos, gastos calóricos, frequência cardíaca e até mesmo óculos virtuais são alguns dos exemplos de dispositivos vestíveis que já fazem parte do nosso dia a dia.


Google, Apple, Samsung são algumas das empresas que desenvolveram e apresentaram a aplicação da IoT no nosso dia a dia, fazendo tudo mais prático e acessível.


Como empresas podem se beneficiar com a IoT?


Agora que você já entendeu melhor sobre a internet das coisas, precisamos falar de como a sua empresa pode se beneficiar disso. A IoT, como já mencionado no texto, pode ajudar a monitorar o comportamento dos clientes através de informações captadas de diversas maneiras, como: quais interesses dessas pessoas, através de uso nas redes sociais até escolhas com o que ela faz, como música ou streaming de vídeo.


Isso tudo leva à captação de informações para entender o comportamento de compra e/ou os desejos do cliente. Sabe quando você clica em alguma página de um determinado assunto e depois, abre o celular novamente e vê uma outra propaganda sobre o mesmo item ou do assunto?


Esse processamento de dados é feito de maneira muito rápida através da tecnologia. As informações serão processadas e, através do uso de Big Data, o departamento responsável pode desenvolver um marketing direcionado para gerar mais leads para a empresa.


5G e o futuro da internet


O 5G é a próxima geração de rede móvel, ele se diferencia da 4G em:

  • 4G: velocidades de upload de 7 a 17 mpbs e 12 a 36 mpbs para download,

  • 5G: pode oferecer velocidades entre 15 e 30 gbps

Mesmo que a IoT esteja em sua fase de implementação e experimentação, há uma previsão de grande revolução com a chegada da rede 5G. Essa rede é uma tecnologia que será capaz de transformar a forma que os dispositivos IoT performam e se comportam.


Alguns desses benefícios serão:

  • Criação de conexões mais confiáveis e mais estáveis

  • Maior velocidade de conexão

  • A leitura dos dados será feita através de informações processadas e coletadas em tempo real.

Como aplicar a Internet das Coisas nas empresas?


Não existe uma fórmula mágica de como adotar a internet das coisas no negócio porque cada um tem uma realidade diferente, mas a IoT pode oferecer diversas vantagens para a sua empresa ser mais competitiva. Ela deve ser uma estratégia planejada e com propósito.


Veja alguns passos para aplicar a IoT na sua empresa:


Conectividade entre dispositivos: O IoT necessita que os dispositivos estejam conectados. É necessário que os dispositivos que serão utilizados tenham tecnologia aderentes ao cenário.


Se um dispositivo for implementado em um local onde não há infraestrutura com cabeamento, será necessário fazer a conexão através de uma rede sem fio.


Usabilidade: é de suma importância que os colaboradores possam ter condições de gerenciar um ambiente IoT. Essa usabilidade envolve vários aspectos como interface de navegação de dispositivos, controle de informações, acesso ao armazenamento de dados, entre outros.


Ao definir uma estratégia, a próxima fase é fazer um teste por um tempo determinado com os dispositivos IoT. Experimentar as tecnologias e mapear as áreas que podem fazer parte desse ciclo.


Com essa estratégia montada em período de teste, é o momento de avaliar os dados e entender o que pode ser feito para melhorar a empresa. Para isso, é necessário trabalhar com uma plataforma que vai receber as informações e fazer relatórios e análise de dados.


Desta forma, uma vez que sua empresa tiver conhecimento detalhado dos aspectos tecnológicos sobre as informações da sua estrutura atual, ela poderá fazer planejamento para um ambiente de internet das coisas de maneira mais segura, assertiva e fácil.


Conclusão


A IoT desempenha um papel muito importante no desenvolvimento digital no mundo todo e na evolução tecnológica que pode ser usada em empresas de qualquer setor.


De uma maneira geral, não existem dúvidas de que a internet das coisas já está transformando as nossas vidas e tem todo o potencial para estar cada vez mais presente no dia a dia. Ela continuará ganhando forças à medida que empresas entenderem e perceberem o potencial dos dispositivos conectados para se manterem competitivos.


Incentivada por algumas inovações como 5G, IA e Machine Learning, é previsto que vejamos soluções que vão chegar a outro patamar quando utilizadas por empresas e pessoas.


Aos poucos nós estaremos lidando não apenas com objetos, mas sim, com casas e até mesmo cidades inteiras inteligentes, mas para que tudo isso aconteça, é importante que as pesquisas sempre avancem e que haja disponibilidade de profissionais capacitados para lidar com essas situações e, principalmente, com essas novas tecnologias.


Gostou do artigo? Então deixe seu comentário lá embaixo e aproveite para ler os outros artigos no nosso Blog.


9 visualizações0 comentário